Maps

Notícias

Caminhoneiros e condutores de ônibus usam drogas ao volante

09/04/2018 Chromatox
Perto de completar um ano, em março deste ano, a obrigatoriedade do exame toxicológico para motoristas profissionais revelou que entre 30% a 50% dos caminhoneiros e condutores de ônibus fazem uso de drogas enquanto dirigem.

Os dados são preocupantes, mas graças à exigência do teste de drogas para obter e renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D e E, o índice de acidentes de trânsito nas estradas e rodovias caiu 38%. As informações são do coordenador do SOS Estradas, Rodolfo Rizzotto, em entrevista à Rádio CNseg.

Encontre um posto de coleta Chromatox para realizar seu exame toxicológico

O exame, com ampla detecção, utiliza a queratina humana, via coleta de cabelos e unhas, e é o mais avançado no mundo, pois não aponta somente se o motorista está sob o efeito de drogas no ato do exame, mas também se fez uso de entorpecentes nos últimos 90 dias.

Saiba como fazer exame toxicológico para CNH

As drogas mais usadas por motoristas profissionais são as anfetaminas, amplamente conhecidas como “rebites”, mas a cocaína e a maconha tiveram grande crescimento de consumo nas estradas nos últimos anos, causando falta de concentração, erros de avaliação e decisão, e direção em alta velocidade. O problema, contudo, vai além do período em que o condutor está sob efeito da droga, pois após o estímulo das substâncias o sono se torna ainda mais forte e coloca em risco não só a vida do motorista, mas de todas as pessoas que estão na vida.

A ChromaTox tem seu laboratório sediado em São Paulo, funcionando com tecnologia de ponta e uma combinação da vasta experiência em análises de drogas por cromatografia e exames toxicológicos em cabelo.