Motorista Legal

Mais de 2% dos motoristas profissionais registrados pelo Denatran fazem uso de drogas

05.09.2018 Chromatox

O exame toxicológico de larga janela de detecção é exigido de motoristas profissionais, para obter ou renovar a Carteira Nacional de Habilitação nas categorias C, D e E, a fim de reduzir o alto índice de acidentes nas estradas e rodovias, envolvendo condutores que estejam sob efeito de drogas.

A obrigatoriedade do exame entrou em vigor em março de 2016 e, este ano, um levantamento feito pelo Departamento Nacional do Trânsito (Denatran) revelou que em 2017 foram realizados 1.972.826 exames, sendo 43.281 positivos. Já em 2018, de janeiro a abril, foram realizados 508.151 exames toxicológicos, sendo 10.702 positivos, ou seja, cerca de 2% dos motoristas profissionais tiveram contato com drogas.

O exame toxicológico de larga janela de detecção é realizado com análise de cabelo ou pelo corporal do indivíduo, e revela se a pessoa utilizou drogas nos últimos 90 dias, para amostra de cabelo. No caso de coleta de pelo, o período analisado dependerá do comprimento do pelo coletado, sendo que o período analisado pode alcançar de 6 a 8 meses.

É possível falsificar o exame toxicológico?
O teste de drogas em cabelo e pelo é uma análise precisa e eficaz, que não é possível burlar. Clique aqui e entenda.