Motorista Legal

O exame toxicológico detecta drogas quanto tempo antes da coleta?

16/01/2019 Chromatox

Mencione “drogas” e a maior parte de nossas ideias se volta para substâncias potentes e ilegais: maconha, cocaína, ecstasy, LSD e MDMA. A lista continua. Facilmente detectadas e relativamente simples de legislar contra, essas drogas são um problema no local de trabalho. Mas os gostos dos usuários por drogas estão mudando.

Hoje, as drogas legais sintéticas estão mais amplamente disponíveis do que nunca. Novas substâncias psicoativas – versões quimicamente alteradas de drogas ilegais – atingiram as manchetes nacionais, sendo a epidemia de Spice a mais recente de uma longa linha de drogas sintéticas largamente divulgadas na grande mídia. E agora o abuso de medicamentos prescritos está se tornando mais predominante. Em 2017, o Reino Unido viu um aumento alarmante de casos envolvendo o medicamento para ansiedade Xanax, especialmente entre os jovens.

Perigosamente viciante, o Xanax é poderoso e fácil de comprar. O que você precisa saber sobre o medicamento e como você deve reagir a incidentes nos quais suspeita que um funcionário esteja sob sua influência?


Droga de escolha

Como com outras drogas, o aumento do uso de Xanax no Reino Unido segue as tendências de uso nos EUA, onde é a décima segunda droga comum mais prescrita pelos médicos. Hoje, o mercado do Reino Unido absorve 22% do tráfico de Xanax – o que corresponde à segunda posição no mundo, atrás de nossos primos americanos.

Embora o Xanax esteja amplamente disponível nas ruas – geralmente por apenas £1 por comprimido –, a maior parte das vendas é feita online. Os usuários do Reino Unido podem comprá-lo na web normal e na “dark” web, de fornecedores que operam ou viajam para países onde o medicamento está disponível para compra nas farmácias. Esses incluem os EUA, México e Canadá. No Reino Unido, os comprimidos só estão disponíveis mediante receita médica particular, e não pelo Serviço Nacional de Saúde (National Health Service (NHS)).

A polícia estima que até 130 milhões de comprimidos de Xanax entraram no sistema criminal do Reino Unido desde 2014. Nos últimos meses, o uso da droga atingiu níveis epidêmicos – sendo que o caso de vítima mais proeminente foi a morte do rapper norte-americano Lil Peep.

Em 2017, consultas sobre benzodiazepínicos – a família de drogas a que Xanax pertence – foram as segundas mais comuns recebidas pelo serviço britânico de aconselhamento sobre drogas (FRANK), depois dos opiáceos e acima dos antidepressivos e esteroides.

Para piorar a situação, o mercado de Xanax é inundado por pílulas falsas – com alguns comprimidos contendo “ácido, metais pesados e até mesmo cera para piso”. Misturar a droga com álcool é extremamente perigoso, e muitas pílulas falsificadas também contêm o anestésico Fentanil.


Sintomas e como identificá-los

Xanax é o nome comercial dado ao Alzaprolam pelo fabricante Pfizer. Como um tranquilizante, a droga é 10 vezes mais potente que o diazepam e 20 vezes mais forte que o Valium, e funciona ligando-se aos receptores GABA[A] no cérebro.

Desenvolvido para aliviar a ansiedade e a depressão, o efeito desejado do Xanax é acalmar o usuário. As reações adversas são mais perturbadoras. Usuários relatam os seguintes sintomas, que começam de 20 a 40 minutos após a ingestão de um comprimido:


- Dormência muscular

- Sonolência e lentidão mental

- Disforia

- Audição reduzida

- Visão turva

- Descoordenação motora

- Amnésia, incluindo perda de memória de longo prazo

- Dores de estômago

- Suores frios

- Paranoia extrema

- Comportamento hostil e irritável

- Capacidade de julgamento prejudicada e inibições reduzidas

- Sonhos perturbados Os usuários muitas vezes experimentam apagões de memória prolongados, realizando atividades das quais não têm lembrança posterior. A droga é altamente viciante e a privação do uso pode ser fatal se não for bem administrada.

Hoje, muitos usuários do medicamento no Reino Unido são estudantes na escola e na universidade, para quem o Xanax é uma maneira rápida e barata de aliviar a tensão. O uso é particularmente prevalente entre aqueles que se automedicam para problemas de saúde mental.

Ao contrário da maconha e de outras drogas, o Xanax não requer equipamento especial para uso. Em vez disso, os empregadores devem procurar os sintomas acima e frascos de medicamentos – especialmente aqueles com o nome de uma pessoa desconhecida.


Por que o Xanax é um problema no local de trabalho?

Usuários de Xanax muitas vezes estão perigosamente inconscientes de seus pensamentos e ações em relação a si mesmos e aos outros.

Isso é problemático em qualquer local de trabalho – não menos importante nos que envolvem máquinas ou veículos em movimento, como manufatura, aviação ou construção. Para aqueles que ocupam funções voltadas para o cliente, o uso indevido de drogas pelos funcionários pode afetar seriamente a marca de uma empresa, afetando o comportamento dos empregados em relação aos outros.

No Reino Unido, a posse de Xanax sem prescrição médica é ilegal, assim como o fornecimento da substância. Os funcionários que usam a droga no local de trabalho ou em torno dele quebram o dever fiduciário de chegar e operar no trabalho em um estado adequado e não inebriado. Os empregadores que conscientemente permitem o uso de drogas em suas instalações também podem se ver descumprindo as leis de drogas do Reino Unido.

Afora as implicações legais do uso indevido do Xanax no local de trabalho, muitos empregadores vão querer proteger os funcionários afetados pelo vício em substâncias, as quais são prejudiciais ao potencial de saúde e felicidade deles além do local de trabalho.


Como você pode se proteger do uso de drogas na sua empresa?

Proteger as equipes contra o uso indevido do Xanax – e o de outras drogas – envolve dois elementos: uma Política de Uso Indevido de Substâncias e Álcool e um Programa de Testes.

Uma Política de Uso Indevido de Substâncias e Álcool é um documento que estabelece de forma clara e abrangente os comportamentos esperados dos funcionários com relação a drogas e álcool no local de trabalho, como a sua empresa lidará com suspeitas de abuso, e os processos pelos quais os funcionários podem apelar contra julgamentos feitos a eles.

Um Programa de Testes é construído com base nas diretrizes oferecidas pela Política de Uso Indevido de Substâncias e Álcool. É o sistema pelo qual os empregadores testam o uso de drogas e álcool em seus funcionários, podendo envolver vários métodos de teste, dependendo das necessidades de sua empresa.

Mais comumente, um Programa de Testes irá prever testes de urina, saliva ou cabelo. Muitos locais de trabalho realizam os dois primeiros por meio de sistemas de teste Point of Care (POC) . Esses testes podem ser feitos no próprio local e oferecem resultados em minutos.

No entanto, os testes POC têm limitações que são especialmente relevantes no caso de uso indevido de Xanax. Por um lado, os resultados positivos presumíveis através do teste POC exigem que os empregadores suspendam o empregado e realizem um segundo teste laboratorial para confirmar os resultados obtidos. Isso traz como consequência uma produtividade perdida de até sete dias, enquanto o laboratório processa o resultado. Os testes POC têm uma janela de detecção mais curta do que os testes de laboratório e podem detectar um número menor de substâncias.

Significativamente, os testes POC apenas indicam quando um doador usou uma substância de uma família de drogas, em oposição a uma substância específica. Quando um teste POC indica que um funcionário usou um benzodiazepínico, isso poderia significar, portanto, uma substância legal, como Valium, ou uma ilegal, não prescrita, como o Xanax. Um teste de laboratório é necessário para confirmar a exata substância detectada.

É importante ressaltar que muitos testes POC para benzodiazepínicos são projetados para detectar o Oxazepam, em oposição ao Alprazolam (Xanax). Isso significa que, a menos que seja verificado, um teste POC pode não ser capaz de demonstrar o uso do Xanax em qualquer caso.

Tal como acontece com qualquer uso indevido de drogas no local de trabalho, você primeiro tem que assumir o compromisso de lidar com o problema. Saber que o seu local de trabalho tem um problema com drogas é uma coisa, fazer algo sobre isso é outra completamente diferente. O fundamental é: você precisa fazer o que é certo para o negócio.


No Cansford Labs, respondemos às limitações do teste POC ao projetar o serviço de teste de laboratório mais rápido do Reino Unido para os empregadores, oferecendo testes de drogas e álcool precisos em até 48 horas após o recebimento de uma amostra em nossas instalações. Dessa maneira, as empresas podem utilizar testes de laboratório como uma alternativa aos testes POC em muitas circunstâncias.

Para saber mais sobre o nosso programa de testes laboratoriais de 48 horas e as substâncias que analisamos, visite Tox247.co.uk

[Texto original]