Maps

Motorista Legal

5 dicas não tão conhecidas de segurança no trânsito

10/05/2019 Chromatox

Todo motorista conhece algumas dicas de segurança no trânsito mais básicas, como manter uma distância segura dos outros veículos ou não falar no celular enquanto dirige. Desde as aulas da autoescola até nossas experiências pessoais, vamos aos pouquinhos nos familiarizamos com diversas práticas. Mas será que isso já basta?

Apesar de serem conhecimentos importantes para ajudar a garantir nossa segurança ao volante, muitas dessas dicas são pouco conhecidas pelos motoristas ou até mesmo completamente esquecidas. Pensando nisso, resolvemos reunir aqui 5 dicas de segurança no trânsito não tão conhecidas para você se atentar a partir de agora. Confira!

1. Encontre a posição certa no banco
Já que falamos em autoescola, tente se lembrar: durante as aulas de direção, umas das primeiras coisas a fazer antes de dar a partida era ajustar a posição do banco, correto? Pois esse é um cuidado muitas vezes negligenciado que deve ser tomado sempre para garantir sua segurança!

Saiba: a posição ideal faz com que a coluna se apoie no encosto por completo, com a altura do banco permitindo que os pedais sejam acionados sem esforço. Assim como os braços no volante, as pernas devem ficar ligeiramente dobradas. Membros muito esticados podem causar desconforto e se tornar um risco para a segurança.

2. Ajuste os retrovisores para evitar pontos cegos
Outro cuidado que aprendemos nas aulas de direção, mas pode acabar passando batido no dia a dia é o ajuste dos retrovisores. Os espelhos das portas devem ser posicionados de modo que a lateral do carro não fique visível. Já o retrovisor interno deve contemplar todo o vidro traseiro, de modo que não seja necessário fazer muitos movimentos com a cabeça para ter uma boa perspectiva do trânsito.

Fazendo esses ajustezinhos assim que sentar no carro, você amplia seu campo de visão e reduz os pontos cegos, aquelas áreas sem visibilidade ao redor do veículo que são responsáveis por muitos acidentes.

3. Evite salvar o endereço de casa no GPS
É fato: pior que ter o veículo roubado é saber que sua casa também pode estar correndo riscos. Para evitar essa situação nada agradável, a dica é não registrar seu endereço residencial no GPS do carro.

Quando precisar sair de alguma região desconhecida, simplesmente configure o aparelho para o local mais próximo que você conhece e siga viagem a partir dali. Outra opção é salvar no GPS um endereço próximo ao seu, evitando que pessoas mal-intencionadas descubram exatamente onde você mora.

4. Use apenas luz baixa na neblina
Como a neblina é extremamente prejudicial para a visibilidade no trânsito, há quem pense que a solução nessa hora é aumentar as luzes do farol. Mas não é bem por aí! Na verdade, a luz alta reflete nos flocos de água, formando uma imensa parede branca à frente, o que dificulta ainda mais a visualização.

O correto, portanto, é usar a luz mais baixa, também conhecida como luz de neblina ou luz de posição. Nessas situações, também é bom dirigir devagar e evitar qualquer movimento que possa confundir outros motoristas, como uma ultrapassagem ou o uso do pisca-alerta.

5. Esqueça o freio se o pneu estourar
Ao sinal de qualquer problema, o primeiro instinto da maioria dos motoristas é colocar o pé no freio, não é mesmo? Contudo, caso um de seus pneus estoure com o veículo em movimento, essa certamente não é a melhor opção.

Frear abruptamente nessa hora pode fazer com que o carro rode ou até mesmo capote! Para contornar essa situação, portanto, o melhor a fazer é manter a calma, restabelecer o controle do veículo e reduzir gradualmente a velocidade. Dessa forma, você consegue sinalizar aos outros motoristas para chegar com segurança ao acostamento ou a algum outro local com menos movimento.


Fonte: Rodobens