Quanto tempo a maconha fica no organismo e como tirar do corpo? | Chromatox

Quanto tempo a maconha fica no organismo e como tirar do corpo?

Chromatox


Quanto tempo a maconha fica no organismo? Essa pergunta não é tão simples de ser respondida, afinal, o tempo que a maconha fica no organismo de alguém é altamente variável de pessoa para pessoa. A frequência e quantidade de uso também influenciam nesse quesito, então é difícil prever ou saber ao certo por quanto tempo uma pessoa irá testar positivo para essa substância.

O THC e CBD, substâncias que compõem a maconha, são lipídio-solúveis e se acumulam nas reservas de gordura do corpo, sendo liberadas aos poucos pelo organismo. Por isso, não existe um método 100% eficaz de eliminar a droga com mais rapidez.


Quanto tempo a cannabis fica no sistema?

Não é possível detectar com precisão por quanto tempo a maconha permanece no organismo humano, já que cada corpo reage à droga de uma forma diferente e variável.

Fatores como a quantidade usada e a frequência influenciam totalmente a forma como o organismo vai eliminar essa substância. Quanto mais você usa, mais presente estará no seu corpo.

Uma estimativa é que, um indivíduo que faz um consumo moderado de maconha, fique com a droga no corpo durante 7 a 13 dias. Já quem usa com mais frequência, fica, em média, 15 dias com a maconha no corpo.

Aqueles com um consumo excessivo podem ter a droga detectada na urina mesmo depois de 30 dias.


Fatores que podem impactar o resultado dos testes

Pessoas que praticam exercícios e mantêm hábitos de vida saudáveis, como uma boa alimentação, tendem a ter janelas de detecção menores que pessoas sedentárias.

Isso ocorre, já que pessoas com altos níveis de gordura no corpo armazenam os metabólitos dos canabinóides com mais facilidade que pessoas saudáveis.


Teste de urina para identificar o uso de maconha

Um dos testes mais utilizados para identificar a presença da maconha é o de urina. Ele é capaz de detectar a droga até 30 dias depois do uso.

Porém, sua identificação também depende dos fatores que citamos acima.


Quanto tempo a maconha fica no sangue?

Quando a maconha é usada, os níveis de THC do corpo aumentam temporariamente, o que é detectável por exames de sangue de até um dia após o uso

Porém, com o tempo, esses níveis caem significativamente, tornando a decretação por sangue mais difícil. Ou seja, a presença da maconha no sangue é a que se desfaz com mais facilidade, porque é metabolizada com agilidade pelo corpo.


Maconha no teste de saliva

A detecção de maconha a partir de amostras de saliva só é indicada para resultados imediatos, já que é um teste toxicológico com janela de curta detecção, ou seja, de até no máximo 24 horas.

A saliva é utilizada em situações que exigem saber se uma pessoa está, no mesmo momento da coleta, sob efeito de entorpecentes. Por isso, no caso da maconha, se torna irrelevante após 2 dias de uso.


Presença de maconha no teste de queratina

O teste de queratina usa os fios de cabelo para realizar a identificação de substâncias psicoativas no corpo e é o que tem uma maior janela de detecção. Esse exame pode identificar a maconha presente no organismo de 90 até 180 dias após o último dia de uso.

Isso acontece porque suas propriedades ficam ligadas a queratina do cabelo, o que possibilita que ela seja identificada com maior período de tempo mesmo depois de o corpo já ter metabolizado.


Como tirar a maconha do organismo?

A melhor forma de acelerar, por mais que não seja muito, a remoção da droga no corpo é manter hábitos saudáveis, que estimulam a eliminação de gordura corporal, local onde ficam armazenadas as substâncias da maconha.

Fazer exercícios ajuda a tirar a maconha do corpo?

Realizar exercícios e manter uma estilo de vida mais saudável, com consumo de alimentos ricos em vitaminas e minerais, pode ser uma maneira de acelerar o metabolismo na eliminação das substâncias psicoativas da droga, mas não é uma saída para quem vai realizar um exame toxicológico de queratina, por exemplo, que é capaz de detectar a droga presente no corpo mesmo depois de 90 dias

Beber água adianta?

Beber água entra na mesma situação dos hábitos saudáveis: não vai eliminar a maconha por completo do organismo, mas auxilia o corpo a retirar a droga.


Quais exames detectam THC no sangue?

Todos os exames toxicológicos, desde o de sangue e saliva a urina e queratina, podem detectar a presença de THC no metabolismo. Porém, como explicado acima, cada um possui uma janela de detecção, sendo umas mais largas e outras mais curtas.

Se a necessidade for detectar o consumo imediato da droga, o exame de saliva e de sangue são os mais indicados.

Caso seja necessário identificar o consumo a longo prazo, o exame de queratina, que utiliza fios de cabelo, são os mais usados.

© 2019 Chromatox Laboratórios - Todos os direitos reservados