Medida entrou em vigor dia 2 de março. Entenda como e onde são realizados os exames toxicológicos para CNH e CLT de motoristas profissionais!

Teste de drogas será exigido para contratação e demissão, além de obter ou renovar a CNH nas categorias C, D e E
Teste de drogas será exigido para contratação e demissão, além de obter ou renovar a CNH nas categorias C, D e E

Desde o dia 2 de março, todos os motoristas profissionais precisam fazer exame toxicológico de larga janela de detecção em processos de contratação CLT (admissional e demissional), de acordo com a Portaria 116 do Ministério do Trabalho, e também para obter ou renovar a CNH nas categorias C, D e E, de acordo com a Deliberação 145 do Denatran. Os exames de drogas devem ser realizados em laboratórios acreditados com a ISO 17025 e CAP, e devidamente cadastrados no Denatran, como o ChromaTox.

O exame toxicológico é feito com amostra de cabelo ou pelo, não dói e nem deixa um "buraco" na cabeça, pois é retirada uma pequena quantidade de fios para análise.
As substâncias analisadas nos exames toxicológicos para CNH e CLT são: Maconha, Haxixe, Skunk, Cocaina, Crack, Merla, Codeina, Morfina, Heroina, Ecstasy, MDMA, MDA, Metanfetaminas, Anfetaminas, Mazindol, Femproporex e Anfepramona.